Marco Feliciano quebra o silêncio e defende Silas Malafaia sobre denúncia do MP

Após ser indiciado por envolvimento em um “roubo” de 1,6 milhão de reais, o deputado Marco Feliciano saiu em defesa de Silas Malafaia

O pastor Silas Malafaia, Eduardo Paes e demais réus estão sendo acusados de improbidade administrativa nos contratos envolvendo a marcha para Jesus, pelo fato de 1,6 milhão serem destinados ao evento que reúne milhares de cristãos de diversos lugares deste país.

No dia 24 de Janeiro foi divulgada a decisão da juíza Mirela Erbisti, da 3ª Vara da Fazenda Pública do Rio de Janeiro. A juíza fez uma declaração sobre o pastor, dizendo que o mesmo havia se aproveitado da situação de forma imprópria.

O pastor e Deputado federal Marco Feliciano se posicionou contra a situação do seu irmão na fé, e disse que o pastor só está sendo indiciado pelo fato dele ser um homem que não mede suas palavras.

Marco Feliciano fez uma declaração que da mesma forma que o pastor conseguiu provar sua inocência em demais casos, sairá mais uma vez impune desta. O deputado falou ainda sobre a decisão da juíza, que foi uma pura canalhice porque Malafaia é conhecido internacionalmente e nunca foi visto como “ladrão” por ninguém.

Afirmou que todos os gastos do evento em 2012, foi passado para os responsáveis legais, e Malafaia ficou indignado pelo fato de cobrarem tanto de uma coisa que outrora existiu, sendo que os demais eventos como a parada gay e escolas de sambas não recebem esse tipo de cobrança, ou pressão.

“… Até quando, nós envagélicos viveremos como abutres?… Abutres são aves que cisca a carniça e que fica esperando a morte para se alimentar dela”, declarou Marco Feliciano.

Categoria:Mundo Gospel

Deixe seu Comentário